terça-feira, 25 de março de 2008

Os olhos de Belo Horizonte

Anni Luise Sieglitz, Eliane de Cássia Ribeiro e Natália Mércia da Silva

Poucas casas, ruas tranqüilas, bonde e ferrovias. Essa é a Belo Horizonte do passado. Dos anos 20. Geração de crescimento da capital mineira. Geração de grandes escritores como Carlos Drummond de Andrade, Ciro dos Anjos e Pedro Nava. Aos olhos da história, Belo Horizonte ganha forma impessoal, sucessão de fatos e datas. Mas aos olhos dos moradores da capital, ela se torna um livro aberto, rico em detalhes, de histórias maravilhosas, algumas quase esquecidas, outras recentes.

1 Comentários:

Blogger Geane Alzamora disse...

A opção de fazer de BH um personagem, relatado na perspectiva de belo-horizontinos de idades variadas, é instigante. Entretanto, faltou consolidar os diferentes olhares em perfis diferenciados e reticulares. Os hipertextos poderiam ter servido para isso. A idéia de destacar os pontos de BH na perspectiva desssas pessoas é boa, mas isso precisaria ter sido desenvolvido em idéias semelhantes.
Geane

2 de abril de 2008 18:54  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial